Os valores do esporte

8,489 visualizações
Arquivos e descrição

Neste vídeo, entrevistamos David Deguelle, praticante da caminhada nórdica que nos fala a respeito da filosofia por trás desse esporte.

Esse é uma das quatro entrevistas do nosso programa de caminhada nórdica, produzidas para explicar a modalidade e estimular que mais pessoas pratiquem este esporte.

Descubra por que o atleta David Deguelle é tão apaixonado pela caminhada nórdica e o que faz dessa prática algo diferente de tantas outras.

Música: ALTER K

Carregando...

Os valores da caminhada nórdica

Ouvir a si mesmo

Na marcha nórdica, é preciso aprender logo a ouvir-se a si mesmo.

É preciso sentir-se o quanto antes.

Se você busca uma atividade prazeirosa, você tem de ir em busca desse vetor..

Sentir o bastão, a batida do chão, o movimento, a amplitude, sentir o espaço em que você está inserido no corpo, nos gestos.

Você se posiciona ereto, você mira longe, você levanta o queixo.

São sinais que te permitem tomar consciência de si, tomar consciência do seu corpo em um panorama global.

DESLIZANDO

A caminhada nórdica é um esporte que faz você deslizar.

Quando se atinge um certo nível, a gente consegue se desprender finalmente da técnica e sentir uma espécie de deslize, de leveza no deslocamento. Isso traz muito prazer às pessoas.

É algo que tem que ser buscado nessa modalidade.

O bastão serve realmente para dar impulso e dar uma sensação de deslizamento sobre o chão. Isso permite que você também deslize na sua vida, integrando melhor tudo e fazendo a energia circular.

COMPARTILHAR COM OUTROS

Isso é algo que faz parte integral da minha vida.

E também, pouco a pouco, é um ponto de apoio na nossa vida em família, porque eu e minha esposa praticamos juntos a caminhada.

A gente se aventura com esse esporte e por meio dele, porque ele se mostrou um vetor completamente mágico para se aproximar dos outros, entrar em contato com outras pessoas, outros países, outras culturas.

Ao compartilhar, eu aumento meus limites tranquilamente, calmamente.

Construímos essa técnica coletivamente.

E as outras pessoas ficam contentes também com essa partilha. Esse é um valor forte da caminhada nórdica.

O SORRISO

Eu acredito que a caminhada nórdica traz isso.

Quando a gente faz uma boa sessão, uma sessão bonita, em que a gente desenvolveu de verdade o ato de sentir, a gente só pode ficar radiante.

A primeira coisa quando estamos radiantes é o sorriso.

Isso me marca frequentemente.

Eu e minha esposa, atravessávamos várias cidades com a caminhada nórdica e quando cruzávamos com outras pessoas nós sorríamos e esse sorriso é comunicativo, quer dizer que é algo que se oferece.

É preciso ser generoso na caminhada nórdica.

Download
En poursuivant votre navigation sur ce site, vous acceptez l'utilisation de cookies pour vous proposer des services adaptés à vos centre d'intérêts. En savoir + OK