Is this subtitle correct?

Exterogestação

222 visualizações
Back to the program
Arquivos e descrição

Extero, o que? Polyana, mãe da pequena Naomi, explica que a exterogestação são os primeiros meses da vida de um bebê e que algumas atitudes podem tornar a adaptação do útero para o mundo exterior mais confortável para toda a família.

Esse vídeo faz parte do capítulo “Cuidados com o bebê”. Acompanhe a série completa “Cuidado e Higiene do Bebê” na nossa plataforma www.sikana.tv/baby-care e compartilhe com quem está atravessando as emoções e desafios da primeira infância.

Todo o programa foi desenvolvido em parceria com o projeto Saúde Criança, com apoio da Granado, além de especialistas da área e as famílias que trouxeram suas vivências, dicas e histórias.

Para saber mais sobre o Saúde Criança, uma associação que vem transformando a vida de milhares de famílias com uma metodologia própria, assista ao vídeo que introduz toda a série.

Music credits : Palavra Cantada tocada

Carregando...

A Naomi desde que nasceu foi uma nova descoberta

a gente sente que o recém nascido precisa de alguns cuidados especiais que trazem essa lembrança também do útero,

até pra que ela fique mais confortável no mundo exterior.

A exterogestação é como se fosse a continuação da nossa gravidez, geralmente, são os três primeiros meses da vida do bebê.

Nessa época é importante construir uma transição gradual

entre as sensações que ela vivia no útero e as experiências que ela vai viver no mundo exterior.

Cuidar das condições do ambiente como a luz, o som, a temperatura é o primeiro passo.

No útero o bebê estava sempre quentinho e escutava os sons que vem do nosso corpo.

Então, uma coisa assim que durante o dia eu geralmente faço é manter a rotina da casa.

pra que ela não estranhe e não fique num total silêncio absoluto

Quando ela dorme no meu colo, ela sente as batidas do meu coração e isso também remete a esse período.

A técnica de enrolar o bebê numa manta gera proteção e acolhimento

e também traz a memória da época em que ele vivia no útero

Além disso, também, a gente tem o costume de fazer o barulhinho “sshhh” que é batata, ajuda muito rápido o bebê a dormir.

Faço esse som todo dia, é quase um mantra.

Muitos sons podem ajudar o bebê como o barulho de chuva, canções de ninar.

Vai experimentando e observando as reações do seu filho, com certeza vocês vão encontrar uma linguagem própria

e você vai saber exatamente o que fazer para que ele se sinta cada vez mais confortável.

Também é legal se colocar em movimento com o bebê no colo, dentro da barriga ele estava acostumado com isso.

Pode ser uma caminhada, passos mais calmos, passos de dança.

Eu durmo muito perto dela, o bercinho dela é colado na minha cama.

Hoje mesmo quando ela acordou e olhou pro lado eu tava deitada, a gente olhou uma nos olhos da outra,

e essa sensação de proximidade a gente cria todo dia.

Essa relação de mãe com o bebê é um amor que vai aumentando

então, todos os movimentos dela que a gente vai acompanhando,

faz com que a gente também traga essa memória que eu acho que até o terceiro mês ainda tá muito presente.

Porque essa aproximação da pele, do corpo dela com o meu, faz com que a gente sinta mais conectada,

além dela sentir o batimento do meu coração,

acho que é o momento que a gente pode estar mais juntas assim como a gente estava durante a gestação.

Download

Next video

Sikana - Os 5 sentidos do bebê
En poursuivant votre navigation sur ce site, vous acceptez l'utilisation de cookies pour vous proposer des services adaptés à vos centre d'intérêts. En savoir + OK